Se quiser entrar em contato comigo, meu e-mail é babimottin@hotmail.com



Eu respondo sempre todos comentários nos posts que foram comentados... Assim fica mais fácil. Beijão

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Neurótica? SIM, me tornei... (Imara essa é pra ti)

Atendendo ao pedido da minha amigairmã Imara estou aqui para falar da neurose que guia nossas vidas no pós parto...

Não é segredo pra ninguém que sou totalmente neurótica com os cuidados com a C... E minha amiga Imara é tal e qual a mim com seus lindos... E outras mães da nossa turma de pais da NEO são tais e quais a nós... (Algumas são menos, outras mais, mas tdas sofrem com alguma neurosezinha).

Quando engravidei disse a mim msm q com a C não teria frescuras, que ela seria como eu quando era criança, isto é totalmente moleque...

Mas as coisas geralmente não saem como planejamos e a C foi parar na NEO e foi aí que a história tda começa...

A gente entra na NEO totalmente meio apavorados... Não sabemos como funciona... Logo aprendemos e entramos na rotina... Depois já ficamos pensando no dia que sairemos de lá, na festa que daremos quando chegarmos em casa, no mundarel de visitas que vamos receber, nos passeios maravilhosos que faremos com nossos bbs, enfim entramos pensando que sairemos tendo uma vida normal, mas a coisa não é bem por aí...

O primeiro bb da nossa turma que saiu da NEO, foi o Henrique... E quando fomos nos despedir, a Andréia e o Gustavo vieram com um papo que o médico havia falado que não poder receber visitas, não poder sair na rua... Achamos tdo aquele papo mega estranho... Confesso que nem demos mta bola...

Pois então chegou o nosso dia... E a médica veio ter com a gente a tal conversa...

Como a C ficou mto tempo em UTI não poderia receber mtas visitas, somente avós e dindos estavam liberados.
Colo somente os pais poderiam dar, (depois de 15 dias liberou colo pros avós).
Usar mto álcool gel, se possível tomar banho de álcool gel.
Evitar ao máximo contato com crianças até completar 6 meses, pq as vacinas estavam ainda sendo feitas.
Evitar qq doença até os 6 meses.
Não frequentar lugares fechados.
Proibir a visita de pessoas doentes.
Esterelizar tda e qq coisa q fosse dela.
Não deixar que as pessoas tocassem nela (pq mão é sempre mto suja).
Não deixar as pessoas falando em cima dela (pq boca é sempre mto suja).
Não tirar ela de casa de manhã cedo e nem a noite.

E certamente tem até outras coisas q não estou lembrando agora... Mas enfim a gente keria tanto vir pra casa, que na hora tdo isso pareceu banal... E realmente é banal tendo em vista os 76 dias que passamos la... Porém... Chegamos em casa, e o povo começou a pressionar pra vir conhece-la... E nós mto rígidos nas regrinhas pedíamos desculpas e dizíamos que ela ainda não podia receber visitas...

Acho que a parte das visitas e a parte de ter que lavar bem as mãos e passar álcool gel antes de tocar nela, foram as piores coisas... Pq definitivamente tinha mta gente q não entendia isso!!!! E outras pessoas achavam que essas regrinhas eram para outras pessoas, pq não usavam álcool gel a menos que eu desse uma chamada.

Bom, aí q entra a neurose... Na NEO tdo, tdo é mto rigoroso... E eles praticamente fazem uma lavagem cerebral na gente (ainda mais que somos mães de primeira viagem). E ai ficamos mortos de medo que se alguma das regrinhas forem quebradas alguma coisa possa acontecer com os bbs ou com a gente, pensamos q eles vão descobrir q burlamos algumas dessas regras e vão nos colocar de castigo hahahahahaha... E temos tanto medo de voltar pra la, que acabamos fazendo tdo certinho, direitinho e não damos um passinho em falso.

Mas então o tempo vai passando... O bb vai crescendo... E qq pessoa normal vai afrouxando um pouco a corda... Mas eu não consigo!!! Aliás não conseguimos né Imara? A neurose ta encrustada em nós!!

Se alguma criança tosse ou espira perto da Cecília eu entro em surto...
Se estou passeando com ela, e alguém toca nas mãozinhas dela (incrível como o povo vai direto nas mãos, q é a primeira coisa q os bbs colocam na boca), eu pego álcool gel e passo nas mãozinhas dela...
Desenvolvi um radar incrível para saber se a pessoa ta com gripe, resfriado, dor de garganta ou coisas desse tipo...
Se ligam dizendo que estão vindo nos ver, eu dou um jeito de descobrir se a pessoa ta bem de saúde...
E se a gente for visitar alguem procuro saber se esta tdo bem com as pessoas da casa...
E quando a C esta com alguma coisa (lê-se nariz escorrendo, tosse e coisas do gênero), eu não saio de casa com ela pois não kero contaminar ninguém... E por aí vai...
Não tiro ela de casa se tem vento, se tem chuvisqueiro, se te chuva, se esta friu...
E prefiro colocar mta roupa nela e ir tirando, dq colocar pouca e deixar ela passando friu... Enfim, deu pra entender né gente? Sou completamente neurótica!

Sei que é um exagero tremendo, sei que não posso coloca-la numa redoma de vidro, sei que uma hora isso vai acabar (aos poucos está acabando apesar de eu lutar desesperadamente contra), mas me sinto bem zelando pela saúde dela.

Afinal foi por conta dos meus cuidados extremos q a Cecília em 1 ano de vida tomou antibiótico somente 2 vezes. 1 por conta da tal estomatite que falei aqui e aqui e não sabemos de onde veio... E outra vez por conta da febre que ela tv mês passado e foi diagnosticada como pneumonia, mas q não era e não sabemos também de onde veio... Falei desse dia aqui e aqui.
Ela até hj não teve nenhuma gripe e nenhum resfriado... Teve febre no máximo umas 3 vezes...

Então eu pergunto: Tu come o pão que o diabo amassou numa CTI, tu sai de lá e a médica da umas regras pra ti seguir para garantir q teu filho não fique doente e tu vai fazer o contrário?? Eu não consigo!!!! Eu não keria ser assim, mas foi esse jeito neurótico q adquiri que fez com que a C esteja tão bem hj em dia.

E uma coisa que anda me incomodando um pouco é que mtas pessoas vendo a C tão bem esquecem de tdo o que ela passou, de tdo que passamos e tentam burlar as regrinhas e o pior tentam me induzir a burlar as regrinhas... Minha mãe diz que quando a C estiver com 20 anos eu estarei ainda ligando para a Dra. Simone para saber se a C pode fazer isso ou comer aquilo...

Quero deixar bem claro que eu não estou criticando o método dos médicos, ou da NEO, pois graças a eles hj tenho a batata aqui comigo... Mas estou kerendo com esse post justificar a minha neurose, a nossa neurose de cada dia... Eu as vezes até acho engraçado quando as pessoas me chamam de neurótica, de exagerada, de extremista... Tento sempre levar pro lado da brincadeira, mas as vezes eu tenho vontade de mandar os críticos a puta que pariu (desculpem o palavreado xulo), mas a vontade é essa msm. Eles não sabem o que passamos, eles não sabem quanto sofremos e criticam pq não estavam nas nossas calças...

Eu só levo em consideração as criticas das pessoas que já passaram por coisas semelhantes, mas acho que dificilmente alguem q passou por isso vá criticar minhas atitudes. (mas se estiver lendo isso e estiver afim de criticar vai fundo).

Enfim é isso, o post q era uma explicação virou um desabafo... Mas ta valendo... Acho que consegui explanar bem o que eu queria dizer...

Beijão e uma boa noite a tdos!

6 comentários:

  1. Debie!!!
    Na verdade não somos mãe neurótica pós-parto e sim pós- Neo!!!!! Heheheh!
    Aqui seguimos a risc tudinho que foi dito pelos médicos e digo isso a todas as mães q estão ccoms os babies na Neo!!!
    Deu tudo super certo e eles não tiveram nadica de nada!!!
    Quem não entende, não merece ter contato com nossos filhos!!!
    #prontofalei!!!!
    Bjsmil!!!
    Mari
    Qdo vcs vem para cá mostrar o Natal para a C?

    ResponderExcluir
  2. Débie, vou escrever aqui exatamente o que escrevi no blog de outra amiga incomodada com as criticas por uso de uma tal mochila... QUEM NÂO ME AJUDA A PAGAR AS CONTAS, NÂO OPINA!!!
    E cada um sabe o que é melhor pra si. O Gui tem muita saúde, Graças a Deus, mas eu não posso criticar,pois mesmo assim também sou nerótica...
    beijinho

    ResponderExcluir
  3. Aiii Marii verdade pós NEO hehehehehe.

    Pois é Mari eu quando falo com maes q estao com os bbs na neo, sempre digo para seguir a risca o que os medicos dizem, mas quem nunca passou por uma neo, nao sabe o quão importante é isso... Aiii é uma briga sem fimmmmm :(

    e tu ta certa não merecem contato com nossas joinhas msm!!!

    quanto a irmos pra i, acho que iremos no sabado dia 10. Estamos nos organizando... Assim q tiver certeza te aviso!!! Beijaooo

    ResponderExcluir
  4. Aiii Cátia é bem isso msm... Q sacoooo!!!! Como o povo gosta de criticar, nunca vi coisa igual!

    Mas vamos em frente que quem sabe um dia isso muda!

    Beijao

    ResponderExcluir
  5. Imara (mãe do Arthur, da Agatha e de quem mais chegar!)16 de dezembro de 2011 15:41

    Debie!!!! Não acredito! Só vi hoje esta postagem!!! Como fiquei desligada do universo virtual nestas últimas semanas! Mas, amigaamadairmã, AMEI a dedicatória! Obrigada! E o texto é exatamente o que os outros (parentes, amigos...) precisam ler! Também concordo totalmente com os comentários das outras mamães, azar de quem não entendeu...Só lamento...Mas, acreditem, até hoje tem gente que ainda deixa escapar uma mágoa de não ter podido visitar os meus pequenos, ou não ter feito isto, ou aquilo, comentários do tipo "foi ridículo, mas eu me segurei por ti". Como se realmente isso fosse maior do que tudo o que a gente passou. A galera é muuuuuiiiito egocentrada e pretensiosa! Valeu, Debie, amada!!!!

    ResponderExcluir
  6. Pois é Imara tem mta gente sem noção nesse mundinho... Seria bom q tivessem passado por um pingo do que passamos pra ver se ficariam tão liberais quanto desejaram que ficassemos... Costumo dizer que o poso só fala pq tem boca... Mtas vezes nao entendem que é mais facil deixar a linguinha guardada... Mas vamos em frente né amiga, afinal o pior ja passou heheheheheheeh.
    Beijaooooo

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! Fique atenta que responderei ao seu comentário no post q foi comentado. Beijãoo